Seguidores

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Lançando flechas... até o milagre acontecer

E Eliseu estava doente da enfermidade de que morreu, e Jeoás, rei de Israel, desceu a ele, e chorou sobre o seu rosto, e disse: Meu pai, meu pai, o carro de Israel, e seus cavaleiros! E Eliseu lhe disse: Toma um arco e flechas. E tomou um arco e flechas. Então disse ao rei de Israel: Põe a tua mão sobre o arco. E pôs sobre ele a sua mão; e Eliseu pôs as suas mãos sobre as do rei.  E disse: Abre a janela para o oriente. E abriu-a. Então disse Eliseu: Atira. E atirou; e disse: A flecha do livramento do Senhor é a flecha do livramento contra os sírios; porque ferirás os sírios; em Afeque, até os consumir.  Disse mais: Toma as flechas. E tomou-as. Então disse ao rei de Israel: Fere a terra. E feriu-a três vezes, e cessou.  Então o homem de Deus se indignou muito contra ele, e disse: Cinco ou seis vezes a deverias ter ferido; então feririas os sírios até os consumir; porém agora só três vezes ferirás os sírios.  II Reis 13:14-19

O texto acima afirma que o profeta Eliseu estava doente. Embora estivesse debilitado em sua saúde física o seu homem interior se renovava a cada dia. Mesmo velho e doente estava cheio de unção, autoridade e visão espiritual.

O Rei Jeoás vai consulta-lo em meio aos seus problemas que parecem insolúveis. O choro do jovem rei era o indício de um coração atemorizado, desesperançado e a beira do fracasso eminente.

A nação estava sendo oprimida pelo rei da Síria.  O seu exército estava reduzido a quase nada -  só haviam sobrado 50 cavaleiros, 10 carros e 10 mil homens a pé.  

Tão logo o rei se achegou ao profeta, esse, cheio de unção lhe propôs um ato profético:  Põe a tua mão sobre o arco, disse Eliseu e em seguida ele mesmo coloca as mãos sobre a mão do rei. Aqui há uma clara simbologia de benção paterna, de envio, de respaldo espiritual.

A segunda ordem dada pelo profeta é no mínimo intrigante: “Abra a janela do oriente”, ou seja, abra  janela do lado onde o sol nasce, onde começa o dia; novo dia, novo tempo, coisas novas, não vividas, não experimentadas, um novo começo, uma nova chance, uma esperança, uma saída, uma luz .
Lembre-se que a cada manhã, quando o sol nasce, as misericórdias de Deus se renovam sobre nós.

Janela aberta, nova visão.  É hora de atirar as flechas... e assim foi. Disse o profeta: Atira as flechas. São as flechas do livramento, são flechas da tua vitória, as flechas do sobrenatural, as flechas do milagre.

Lançar flechas significa lançar palavras, sentenças, decretos, palavras proféticas. Trazer a existência o novo pelo poder da palavra.

Tú ferirás os teus inimigos em Afeque, até os consumir. Afeque é a tua fortaleza, é o teu lugar seguro, o teu refúgio, o lugar da tua vitória. Afeque é um tempo, um lugar preparado, um lugar determinado por Deus.

Porque abrir a janela? 
Ninguém pode profetizar o que não viu. Profecia é precedida de revelação (visão).

Jeremias 1:10 –“ Te ponho sobre nações e reinos para arrancar, para derrubar, para destruir, para arruinar, para edificar e para plantar”. (Eu coloquei na tua boca a palavra – a palavra já está em você)

Mas antes de profetizar... O que você vê? Uma vara de amendoeira
“Vistes bem” - Você está vendo o que eu vejo – então pode profetizar

E Eliseu disse atira!!! E o rei atirou... uma .... duas... três vezes e parou. 
Então o profeta de Deus se indignou e disse: cinco ou seis vezes deverias ter atirado e então destruirias os siros por completo, mas agora só os vencerá três vezes.  ( II Rs 13: 22-25). A sua vitória seria completa.

Não pare de profetizar, não desista. Embora pareça que nada tem surtido efeito, continue. Creia! Persevere!

Deus sempre diz o que vai fazer.

Isaías 62:1-2 – Por amor de Sião não me calarei, por amor de Jerusalém não me aquietarei até que brilhe a sua retidão como a aurora e a sua salvação como uma tocha acesa.

Deus sempre diz como vai fazer

Isaías 62:6-7 Ó Jerusalém, sobre os teus muros eu pus guardas; jamais se calarão, nem de dia nem de noite. Vós os que invocais o nome do Senhor, não descanseis, nem haja silêncio em vós, até que eu restabeleça Jerusalém e a ponha por louvor na terra.

“Seja boca de Deus nessa geração”

Se enchendo da palavra para profetizar (gerar) o teu milagre.

Você se enche daquilo que fala, verbaliza ( Não se embriaguem com o vinho... mas encham-se do Espírito Santo falando entre vós com salmos, hinos e cânticos espirituais. Efésios 5:18-19)

Ezequiel 47 – Águas que curam, que trazem milagre

Palavra (água)  que sai do altar, do lado direito (autoridade), até encher totalmente o teu ser, até te envolver, até que o templo (você) esteja cheio.

 Quando sair de você produzirá milagres, curas, ressurreição, abundância. Você passará a ser um agente de milagres.

“Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva". João 7:38


Nenhum comentário:

Postar um comentário